Reunião da Juventude do PSDB com a participação do Deputado Gasparini é grande sucesso

Estou muito feliz com o sucesso da primeira reunião da JPSDB do ano, realizada na noite da última sexta, dia 03/02, com a participação especial do querido amigo e deputado Gasparini, que proferiu uma excelente palestra sobre Administração Pública e Municipalismo. A sede do PSDB ficou superlotada.

Além da quantidade destaco a qualidade dos participantes: Dr Sakamoto, presidente da Executiva Municipal do PSDB; André, presidente do Capítulo DeMolay 19 de Junho; Bruna, presidente do Rotaract Jd. Paulista; Gabarra, presidente da Fundação de Artes Marciais do José Sampaio; Paula, vice-presidente da Associação dos Diabeticos; Dr Renato Bin, ex-diretor de licitações e secretário de administração de Ribeirão Preto; Jorge Oliveira, assessor e representante do deputado federal Duarte Nogueira; Maurício Gasparini, presidente do Rotary Irajá; além dos assessores parlamentares do deputado Gasparini: Rudnei, Ana Paula, Denise, Ricardo eLuiz Otávio (ex-prefeito de Pradópolis). Além é claro dos membros da executiva municipal da JPSDB: Otávio, Carol e Pedro (secretário) e nosso vice-presidente e também coordenador regional Rodrigo.

As próximas reuniões serão com o Nogueira, nosso pré-candidato a Prefeitura, e com nossa Bancada de Vereadores. Pretendemos reunir ainda outras personalidades tucanas até o início da campanha eleitoral em julho.

JORGE DAHER
Presidente da JPSDB

Investimentos em Ribeirão Preto

A assinatura de convênio entre o governo do Estado e a USP para a instalação do Polo de Alta Tecnologia e a entrega de conjuntos habitacionais, ambas em Ribeirão Preto, foram comemoradas por Welson Gasparini (PSDB). Ele registrou sua satisfação também com a tramitação do novo Código Florestal, que considerou “adequado aos tempos em que vivemos, onde o agronegócio representa 40% da economia”. Gasparini pregou a necessidade de uma reforma política, passando pela redução do número de partidos, muitos dos quais são meras legendas de aluguel. Ele ainda disse que os partidos deveriam fazer uma seleção ética de seus candidatos.

Fonte: www.al.sp.gov.br

AS FINANÇAS DO GOVERNO GASPARINI

 A Prefeitura, a partir de 2005,  recuperou a sua credibilidade e,  também, sua  capacidade de pagamento e de investimento; já no primeiro semestre de arrecadou 6% a mais em relação ao exercício anterior e ainda pagou 60% da dívida de curto prazo. Sem aumentar IMPOSTOS,  o orçamento municipal passou de R$ 604 milhões em 2004 para 1,01 bilhão em 2008 como resultado de ações como a implantação do Call Center para a cobrança da dívida ativa; a nota fiscal eletrônica e vários programas que permitiram arrecadar e fiscalizar com mais eficiência o ICMS, o ITBI, os Bancos, a Construção Civil e até o IPTU.

A administração do Prefeito Gasparini,  investiu, em obras,  R$ 93.592.175,83 , numa média anual de R$ 31,2 milhões quando, na administração passada, o investimento total foi de  R$ 55.879.936,24 – numa média anual de R$ 13.969.984,06. Ou seja:  2,3 vezes superior à media de 2001 a 2004. A secretaria de Obras registrou, até abril de 2008, cerca de 274 realizações, numa média, praticamente,  de uma obra a cada três  dias e meio

A partir de fevereiro de 2005, as contas da Prefeitura foram pagar absolutamente em dia. Reduziu-se a alíquota do ISS, em vários setores, de 5% para 2% e, com isto, ampliou-se a base dessa arrecadação tributária. Ribeirão Preto têm, atualmente, uma das menores alíquotas médias do ISS do Estado de São Paulo.

 Em 2004, Ribeirão Preto possuía 46.362 empresas e esse numero foi ampliado, até 2007, para 49.537. São, portanto,  2.748 empresas a mais elevando, assim, a base tributária.