Descaso no Jardim Independência

Estive na tarde do último domingo, 11/03/2012, a pedido da sra. Marlene Godoy, moradora do Jardim Independência, em Ribeirão Preto, registrando um grave problema: um terreno de mais de um quarteirão, na Rua Américo Sampaio, nº50, onde há ruínas do prédio que abrigava uma empresa e está com risco de desabamento é utilizado como dormitório de moradores de rua. No restante da área predominam o mato alto, árvores mortas com risco de quedas e criadouros de dengue, escorpiões e cobras.

Aguardamos uma providência urgente da Prefeitura para acionar o proprietário do local e também fazer sua parte para impedir que os moradores do bairro sofram com o descaso naquela área.

Eu com as senhoras Páscoa e Marlene, moradoras do Jd Independência e testemunhas dos problemas do local.

Visita ao Jardim Porto Seguro

Irene, Vivian, eu e a Dona Maria, lideranças preocupadas com o Jd Porto Seguro.

No último domingo, dia 04/03, estive, a convite de moradores, visitando o bairro Jardim Porto Seguro, zona norte de Ribeirão Preto, e fiquei chocado com o descaso que o bairro vem sofrendo do Poder Público, não há creche, escola, posto de saúde e, nem mesmo, uma linha de ônibus ou “leva e traz”. Este aliás é um dos maiores problemas, pois as pessoas, inclusive crianças e idosos, precisam atravessar a pista da rodovia para chegar ao ponto do leva e traz, imaginem que perigo atravessar a noite um local como este!  Isto poderia ser facilmente resolvido se a van do “leva e traz” que vai até o Jd Iara entrasse no bairro, ou mesmo se o circular do Jd Aeroporto fizesse um pequena mudança de trajeto. Esperamos providências urgentes da TRANSERP para solucionar esta situação.

Visita ao Jardim do Trevo, Vila Abranches e Interlagos

Na tarde de ontem, dia 25, estive nos Bairros: Jardim do Trevo, Vila Abranches e Interlagos, na zona leste de Ribeirão Preto, na companhia do sr. Jorge, líder comunitário local que conheço há mais de 6 anos. Realmente é uma região que necessita de especial atenção das autoridades.

Terreno baldio, onde há ruínas de casa, além de ser usado como depósito de lixo, sujeira e animais também é ponto de consumo de drogas, pedimos urgentes providências, por parte da Fiscalização Geral, na Rua Anita Orlandini Feitosa, altura do nº 48.  Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=iiNmEtvh5Qc

Bueiros totalmente entupidos na praça central da Vila Abranches.

Este campinho esquecido poderia tirar crianças e jovens de maus caminhos.

No Interlagos encontramos terreno público com criadouros da dengue.
Vejam o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=RAY6OnErosc

Enquete eleitoral para Prefeitura de Ribeirão


Segue enquete realizada pela UNAERP JUNIOR e publicada na Revista Evidência deste mês:

– Darcy Vera (PSD): 19,6 %
– Gasparini (PSDB): 16 %
– Leo Oliveira (PMDB): 13,2 %
– Nogueira (PSDB): 9,1 %
– Chiarelli (PT do B): 4,4 % 
– Gandini (PT): 3,6 %
– Maggioni (PTB): 3 %
– Gilberto Abreu (PV): 2,5 %
– Nulos: 12,9 %
– Indecisos: 12,1 %
– Brancos: 3,6 %

 

Reprodução da revista Evidência (Clique para ampliar) veja na íntegra em: http://www.evidenciatop.com.br/

O que achou? Qual sua opinião? Comente… 

RIBEIRÃO PRECISA DE UM CENTRO ADMINISTRATIVO

Muito está se falando que a Prefeitura de Ribeirão Preto estaria fazendo o projeto de um Centro Administrativo para centralizar as Secretárias Municipais em um só espaço público.

Já está na hora de nossa cidade ter um centro administrativo que torne mais fácil, rápida e eficiente a comunicação entre as secretarias, diminuindo os gastos altíssimos com correspondência, combutível e muitas outras coisas que poderiam ser abolidos com esta obra. Só em aluguéis a Prefeitura economizaria R$ 4 milhões por ano.

Contudo a idéia da Prefeitura em construir um novo prédio do nada não me aparece a mais adequada pois poderiam ser utilizados os prédios da Cianê, o que diminuiria significativamente os custos da obra.

Está opinião não é só minha, inclusive já existe um projeto desenvolvido pela Divisão de Obras Públicas da Secretaria de Planejamento e Gestão Pública, que prevê a reforma dos prédios da antiga Cianê.

O PROJETO

Atualmente, a Prefeitura gasta cerca de R$ 4 milhões por ano com o pagamento de aluguéis. A Secretaria da Fazenda paga aproximadamente R$ 27 mil por mês no aluguel de um prédio na Rua Lafaeite.

As secretarias de Planejamento e Gestão Pública, Obras Públicas, Educação, Saúde, Fazenda, Negócios Jurídicos, Meio Ambiente e Administração ainda pagam aluguel.

No projeto, ainda está incluso o funcionamento de 13 repartições e uma unidade do Poupatempo, além de um estacionamento de 500 veículos no subsolo e um anfiteatro.

A obra custaria cerca de R$ 12 milhões e a área é de aproximadamente 28 mil metros quadrados.

Campanha “Fica Agrishow!”, o que você acha?

A Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto lançou ontem campanha “FICA AGRISHOW!” que pretende arrecadar 100 mil assinaturas em um abaixo assinado para tentar manter a feira na cidade.

O que você acha da campanha? aqui vão algumas questões para refletirmos…

-Será uma medida de marketing para mostra que a prefeitura está tentando fazer alguma coisa e ainda manter Dárcy Vera na mídia?

-É uma ação desesperada de um governo que não sabe mais o que fazer para manter a feira? Ou é um projeto sério que pode dar certo?

-Você acha que  um abaixo-assinado é o melhor ato que a prefeitura pode desenvolver para manter um evento que movimenta bilhões de reais?

PARTICIPE deixe seu comentário abaixo!!!