Palestra José Serra

Na tarde de hoje prestigiei a palestra do ex-governador José Serra, sobre a realidade brasileira e seus principais problemas atuais,  realizada na ACI, antes do início do evento tive a oportunidade de conversar com ele sobre alguns de nossos projetos para a cidade de Ribeirão Preto, conversa que com certeza renderá frutos.

Antônio Carlos Jr, eu, Serra e Zé Roberto.

MOBILIZAÇÃO EQUIPE JOVEM DE APOIO A GASPARINI ESTADUAL e DUARTE NOGUEIRA FEDERAL

Na manhã deste sábado a Equipe Jovem “Unidos por Ribeirão”, que apóia os candidatos Welson Gasparini e Duarte Nogueira, foi panfletar no calçadão da praça XV, no centro de Ribeirão Preto.

Os jovens e os demais companheiros de campanha divulgaram o nome dos nossos candidatos Gasparini e Nogueira e também dos candidatos: GERALDO ALCKMIN, nosso governador, SERRA, nosso presidente e ALOYSIO NUNES, nosso senador! 

Algumas fotos do evento, em breve postaremos mais:

NOSSOS CANDIDATOS

Welson Gasparini, Geraldo Alckmin e Duarte Nogueira

Num país onde a corrupção é generalizada e a política está desacreditada me sinto feliz de ter escolhido bons candidatos, escolhi aqueles que acredito que realmente são as melhores opções e, mais que tudo, me sinto orgulhoso de poder declarar em voz alta, até pela internet, os seus nomes sem qualquer vergonha, dúvida ou medo.  

Eu não precisei votar nulo pra mostrar que quero mudança, nem precisei apelar pra salvadores da pátria, pais dos pobres ou qualquer voto fácil, emocional ou interesseiro de última hora. Votarei com consciência e espero que vocês possam fazer o mesmo.  

Falarei mais dos meus candidatos durante a campanha pois acho que informar a população sobre suas vidas e idéias é a melhor contribuição que posso dar à democracia. Mas, por enquanto, direi seus nomes o que, no caso deles, também é um belo discurso!  

SERRA (45)  

GERALDO (45)  

ALOYSIO NUNES (451)  

QUERCIA (151)  

NOGUEIRA (4554)  

GASPARINI (45123)

PSDB LANÇA ALCKMIN AO GOVERNO DE SP

O PSDB lançou neste sábado, 8, a pré-candidatura de Geraldo Alckmin ao governo de São Paulo. O encontro ‘Unidos por São Paulo’ aconteceu no Expo Center Norte, zona norte da capital, reunindo lideranças do PSDB, do DEM, do PMDB e de outros partidos da coligação que apoia Alckmin. As estrelas do evento, estiveram o pré-candidato tucano à Presidência da República José Serra, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, os candidatos ao Senado Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) e Orestes Quércia (PMDB) e o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra.

Serra popõe Ministério da Segurança Pública

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, assegurou hoje que, se for eleito, irá criar o Ministério da Segurança Pública. Em entrevista ao programa “Brasil Urgente”, apresentado por José Luiz Datena, o tucano cobrou do governo federal um envolvimento maior na área de segurança pública, com destaque ao combate ao crime organizado. “Drogas e armas são a base do crime organizado”, justificou.

De acordo com o tucano, o Ministério da Justiça “não foi feito diretamente” para combater o crime. “O ministro da Justiça tem outras funções. Coisas que são da Justiça devem ficar com a Justiça”, explicou.

Segundo Serra, a luta contra o crime deve ser da responsabilidade de um novo ministério. “Repressão e enfrentamento do crime têm de ser feitos por um ministério especializado”, defendeu, ressaltando que o governo federal necessita de um órgão que “reorganize todo o sistema de segurança do País”.

Serra na Veja

Recomendo a todos a leitura da reportagem sobre José Serra publicada na última edição da revista Veja.

Segue abaixo pequeno trecho:

Serra tem dito que se preparou a vida inteira para este momento. Como ele, o Brasil de 2011 não poderia estar mais maduro para iniciar uma nova fase da sua história. A era pós-Lula, que virá com Serra ou com Dilma, celebrará e colherá os frutos de 25 anos de redemocratização e dezesseis anos de estabilidade monetária. Tem, portanto, todos os elementos para ser uma primavera do desenvolvimento. Com Serra, ela poderá vir com a vantagem adicional da alternância de poder, seiva da democracia, sem a qual se corre o risco de ver vicejar o voluntarismo dos governantes, a corrupção da máquina do estado e o fenecimento das novas ideias. É em busca dessa oxigenação no poder que os tucanos, com Serra à frente, alçaram voo na semana passada. E agora estão voando juntos.

O decálogo do bom governante

O candidato José Serra elencou os dez mandamentos que, segundo ele, devem nortear a atuação de um bom presidente da República

1. Governar desde o primeiro dia Governo não é escola. O governante precisa entender a máquina pública para começar a administrá-la com eficiência logo que assumir o cargo

2. Formar uma boa equipe Levar gente competente para a administração, fixar metas claras e desestimular antagonismos corrosivos entre os membros do governo

3. Hierarquizar os problemas Tentar resolver todos os problemas ao mesmo tempo é impossível. É preciso elencar prioridades

4. Gastar o dinheiro público com austeridade É preciso cortar desperdícios para poder fazer mais investimentos caberem dentro do Orçamento

5. Não atender a indicações políticas Quem escolhe os ministros e os dirigentes das estatais é o presidente, e não os partidos de sua base ou grupos de parlamentares

6. Prestigiar o Legislativo no Orçamento Liberar as boas emendas de parlamentares, sem tratar os opositores como inimigos, nem os aliados como subalternos

7. Cooperar com outras esferas de governo Ninguém deixa de “faturar” politicamente com uma obra por reconhecer a participação de outros políticos que colaboraram com o projeto

8. Saber conciliar interesses Mas também enfrentá-los de maneira explícita e dentro da lei quando o interesse público se sobrepuser

9. Pôr em prática o ativismo estatal Rejeitar a falsa escolha entre o estado paternalista e obeso e o estado da pasmaceira

Revalorizar a produção “Mercado” não pode significar apenas o mercado financeiro internacional. É preciso ouvir todos os mercados, incluindo o agrícola, o industrial e o de serviços.

Reportagem na Veja on line: http://veja.abril.com.br/210410/com-casa-ordem-serra-vai-luta-p-062.shtml

Serra inaugura Centro e anuncia obra em RP

Um dia após confirmar que é pré-candidato a presidência da República, o governador José Serra (PSDB) inaugurou ontem em Ribeirão Preto o Centro de Reabilitação Lucy Montoro no Hospital das Clínicas e enfatizou que a cidade já recebeu R$ 521 milhões em obras e ações do governo do Estado nos últimos anos.

“Fizemos um levantamento e descobrimos que entre 2007 e 2010 mandamos R$ 521 milhões para a cidade em 163 ações. Ribeirão tem 577 mil habitantes, é quase R$ 1 mil para cada habitante”, afirmou.

Ele também anunciou que o DER (Departamento de Estrada e Rodagem) já tem autorização para fazer a transposição do viaduto que vai ligar a rua Henry Nestlé com a rua Guadalajara, na Lagoinha. “Topamos fazer a obra em conjunto com a prefeitura e assinamos no DER um convênio nesse sentido”.

Serra também garantiu que os ribeirão-pretanos são privilegiados com o número de moradias populares que vão receber com a ajuda do governo paulista. “Ribeirão Preto é a cidade do Estado de São Paulo que tem mais casas encaminhadas. Na área do aeroporto, pedimos ao governo federal verba para 120 moradias”, afirmou.

Candidatura
Durante a entrevista coletiva Serra se negou a falar da pré-candidatura anunciada um dia antes. “Eu não vou falar, mas daqui a pouco vocês vão se cansar de ouvir eu falar”, afirmou diante da insistência dos repórteres.
Serra também minimizou as manifestações contrárias de professores – que gritaram pedidos de aumentos salariais – e dos funcionários da Saúde – que interromperam o discurso dele três vezes com gritos sobre salários baixos.

Fonte: Jornal A Cidade