Deputado Gasparini publica mensagem para mim em seu blog

Fonte: http://www.welsongasparini.com.br

Dia histórico: Ribeirão ganha Parque Tecnológico

Ontem com o lançamento do edital de licitação da construção do Parque Tecnológico de Ribeirão Preto, nossa cidade que atualmente é polo de prestação de serviços terá a chance de se firmar também como um centro de excelência na produção de equipamentos médico-hospitalares, biotecnologia, fármacos, cosméticos, bioenergia e tecnologia da informação e comunicação. É uma nova vocação econômica para nossa cidade, vocação está apta a leva-la definitivamente ao desenvolvimento social e estrutural.

Parabenizo e agradeço ao ex-prefeito Welson Gasparini que foi o primeiro a vislumbrar este projeto, ao ex-governador Alberto Goldman que assinou o protocolo de intenções em 2008 juntamente com Gasparini e a reitora da USP à época; a prefeita Dárcy Vera que deu segmento ao projeto em sua administração e ao governador Geraldo Alckmin que esta dando início a construção.

Mais informações do site do Governo do Estado de São Paulo:

O governador Geraldo Alckmin lançou nesta quarta-feira, 15, o edital de licitação para obras no Parque Tecnológico de Ribeirão Preto. A intervenção prevê a construção dos dois blocos de edifícios, correspondentes ao Centro de Desenvolvimento e Inovação Aplicada em Equipamentos Médico-Hospitalares e Odontológicos (CEDIMA) e à Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (SUPERA).

“O parque é dentro do campus da USP, é um dos maiores campi da universidade, com 5,6 milhões de m². Então não há dúvida de que ele vai atrair muitas empresas para fazer pesquisa, inovação e crescer em Ribeirão Preto, além de dar oportunidade às pequenas empresas, através da incubadora”, afirmou o governador.

O total de investimentos previstos é de R$ 11,2 milhões. Esses recursos provêm da SDECT e USP. A Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto ficará responsável pela infraestrutura de acesso, água, esgoto e outros serviços públicos. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa e o reitor da Universidade de São Paulo (USP), João Grandino Rodas, também participaram do evento.

Sobre o Parque Tecnológico de Ribeirão Preto

A vocação é direcionada a equipamentos médico-hospitalares, biotecnologia, fármacos, cosméticos, bioenergia e tecnologia da informação e comunicação (TIC). Ele é instalado em um terreno de 300 mil m² dentro do campus da USP – que compreende uma área total de 5 milhões de m², no bairro Monte Alegre.

“As empresas que forem para o parque tecnológico terão incentivo de crédito, incentivo fiscal, de retirada de carga tributária, e utilização de créditos de ICMS para os investimentos. A vocação do parque tecnológico de Ribeirão será voltada à biotecnologia, às indústrias farmacêutica, química, de medicamentos, hospitalar, odontológica, médica, além da área de tecnologia de informação e comunicação, enfim, um leque muito grande”, enumerou o governador.

Entre os objetivos da iniciativa estão: o fortalecimento da indústria local de equipamentos médicos, hospitalares e odontológicos (EMHO); a atração de empresas e o estímulo ao surgimento de start ups, na área de Biotecnologia; o  fortalecimento das indústrias locais e outras relacionadas às áreas de pesquisa das universidades e institutos da região; o incentivo para a criação de novas empresas de base tecnológica; o fornecimento de soluções científicas e tecnológicas nas áreas de Saúde, Biotecnologia e TIC e promoção do crescimento do setor produtivo local e do desenvolvimento econômico regional.

Além do núcleo administrativo, centro empresarial, escola de formação tecnológica, laboratórios da Usp e de outras universidades da região, o Parque contará com três espaços prioritários. Entre eles: Centro de Desenvolvimento e Inovação Aplicada em Equipamentos Médico-Hospitalares e Odontológicos (CEDINA) – oferecerá infraestrutura, serviços técnicos, tecnológicos e de capacitação específicos para áreas de equipamentos médico-hospitalares (incluindo certificação), biotecnologia, fármacos, medicamentos e cosméticos, o que o torna único no Brasil.

A Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (SUPERA) visa a criação, desenvolvimento e aprimoramento de micro e pequenas empresas de base tecnológica, desde a prospecção de projetos até a graduação de negócios. A incubadora recebeu da ANPROTEC o prêmio pelo Melhor Projeto de Promoção da Cultura do Empreendedorismo Inovador de 2007 e o prêmio de Melhor Incubadora do Sudeste em 2010.

Para a instalação de empresas, será cedida área por instrumento contratual, a título oneroso e por prazo determinado.

Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec)

Criado em 2003, o SPTec oferece apoio e suporte aos parques tecnológicos, com o objetivo de atrair investimentos e gerar novas empresas intensivas em conhecimento ou de base tecnológica, que promovam o desenvolvimento econômico, científico e sustentável do Estado. De 2003 a 2010, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) repassou mais de R$ 53 milhões na realização de obras e estudos para a implantação de parques tecnológicos. Em 2011, os cinco convênios firmados totalizaram mais de R$ 24,3 milhões.

No Estado de São Paulo existem 30 iniciativas para implantação de Parques tecnológicos. Dessas 11 em discussão e 19 já credenciadas no SPTec, sendo uma com credenciamento definitivo: Parque Tecnológico de São José dos Campos e outras 18 com credenciamento provisório: Araçatuba, Barretos, Botucatu, Campinas (três iniciativas: Polo de Pesquisa e Inovação da Unicamp, CPqD e CTI-TEC), Ilha Solteira, Mackenzie-Tamboré, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santo André, Santos,  ParqTec São Carlos, EcoTecnológico Damha São Carlos , São José do Rio Preto, São Paulo (duas iniciativas: Jaguaré e Zona Leste) e Sorocaba.

Reunião dos Amigos do Jorge Daher

Reuni na última sexta-feira, dia 29 de julho, cerca de 200 amigos para o lançamento oficial de nossa mobilização com o objetivo de melhorar Ribeirão Preto. Participaram do encontro o deputado estadual Welson Gasparini, o ex-vereador e presidente da Câmara Municipal Osório Carlos do Nascimento e a sra. Nairzinha Nogueira, ex-primeira dama e mãe do deputado federal Duarte Nogueira.

Convido e peço o apoio de todos nessa corrente que com certeza ajudará muito nossa cidade! Conto com vocês!

 
   
  
      

Deputado Gasparini busca extensão do “Via Rápida” para cidades da região

Segue abaixo texto de Welson Gasparini, deputado estadual e ex-prefeito de Ribeirão Preto, retirado do seu blog (www.welsongasparini.com.br):

Estou acompanhando com muito interesse a implantação do programa “Via Rápida para o Emprego” lançado na última quinta-feira pelo governador Geraldo Alckmin e que será coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia oferecendo cursos básicos de qualificação profissional de acordo com as demandas regionais. O governador me informou detalhes desse programa, inicialmente com a previsão de 384 vagas para Ribeirão Preto e 1080 para a região.

Deixei claro, ao próprio governador, que vou me empenhar, de um lado, para ampliar a quantidade de vagas e a diversidade de cursos em cidades como Ribeirão Preto (com previsão inicial de 384 vagas), Altinópolis, Aramina, Batatais, Cajuru, Cravinhos, Dumont, Guariba, Igarapava, Monte Alto,Pirangi, Pitangueiras, Pontal, Santa Rosa de Viterbo ,Serrana , Sertãozinho e Taquaritinga; de outro, reivindicar a extensão desse programa para cidades da região ainda nele não incluídas (Américo Brasiliense,Barrinha, Brodósqui, Buritizal, Cândido Rodrigues,Cássia dos Coqueiros, Fernando Prestes, Guará, Guatapará, Ipuã, Jardinópolis, Luiz Antônio, Miguelópolis, Nuporanga, Orlândia, Pradópolis, Rincão, Sales Oliveira, Santa Cruz da Esperança, Santa Ernestina, Santa Lúcia, ,Santo Antônio da Alegria, São Joaquim da Barra, São José da Bela Vista, São Simão, Serra Azul,Tambaú, Taiúva, Terra Roxa, Vista Alegre do Alto) .

Via Rápida para o Emprego

O objetivo do “Via Rápida para o Emprego” é capacitar gratuitamente a população que está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho ou que deseja ter seu próprio negócio. Podem participar do programa pessoas maiores de 16 anos, alfabetizadas e que residam no Estado de São Paulo. Será dada prioridade para candidatos que estejam desempregados, jovens matriculados no ensino médio nas escolas públicas estaduais, idosos, pessoas com deficiência, beneficiários dos programas estaduais de transferência de renda Ação Jovem e Renda Cidadã, reeducando em regime semiaberto e egressos do sistema penitenciário.

O programa oferece mais de 130 modalidades de cursos gratuitos, nas áreas da construção civil, comércio, serviços e indústria, com duração de 30 a 90 dias, dependendo do tipo de ocupação. As aulas são ministradas de segunda a sábado em unidades fixas do Via Rápida Emprego localizadas em regiões estratégicas do Estado de São Paulo e em unidades móveis (carretas) que serão estruturadas com laboratórios e espaços adequados para a qualificação do trabalhador.

As aulas também serão realizadas nas escolas técnicas estaduais (ETECs) e faculdades de tecnologia (Fatecs) do Centro Paula Souza, em salas descentralizadas das escolas estaduais, em unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), na Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência (Avape) e na Associação de Deficientes Visuais e Amigos (Adeva).

Inscrições

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site do Via Rápida. Os candidatos que não possuem acesso à internet podem efetuar a inscrição por meio dos computadores disponíveis nos mais de 638 postos do Acessa SP, espalhados pelo Estado, ou nas unidades do Poupatempo.

O deputado Gasparini apóia os projetos da Juventude do PSDB

Na tarde de ontem me reuni com o deputado Welson Gasparini, do qual sou assessor e amigo, para conversamos sobre os projetos sociais da Juventude do PSDB de Ribeirão Preto e ele me orientou a indicar entidades para que ele encaminhe pedido de doação de agasalhos e cobertores ao Fundo Social do Estado de SP. Tratamos ainda da questão do recapeamento asfáltico de Ribeirão, ele lembrou dos 700 (setecentos) quarteirões totalmente recapeados em sua última gestão como prefeito e informou que estará encaminhando ao Governador Alckmin a solicitação feita por mim em nome da JPSDB Ribeirão no sentido de liberar mais recursos para recapeamento em nossa cidade.

GASPARINI NA TRIBUNA DA (19/05)

Welson Gasparini (PSDB) leu notícia do jornal A Cidade de Riberão Preto que aborda o déficit do sistema carcerário. Segundo a reportagem, o presídio da cidade comporta 60 mil, mas tem cerca de 130 mil presos. “Esse excesso tem feito o Supremo Tribunal Federal conceder regime aberto àqueles que estão condenados ao regime semiaberto, até existirem novas vagas”, criticou Gasparini, que reclamou que o governo diz não ter dinheiro para investir nas cadeias, nos policiais e nas delegacias , “mas está gastando bilhões com estádios de futebol: para isso tem verba sobrando”.

Fonte: http://www.al.sp.gov.br